Como escrever um artigo científico- passo a passo

 

Tem dúvidas sobre como escrever um artigo científico? Aqui apresento algumas dicas que podem te ajudar a tirar as ideias da cabeça e colocá-las no papel em formato de comunicação científica.

1- seja objetivo. nem todas as pessoas tem paciência para ler artigos imensos, longos e as revistas tem limite de caracteres. Na área biomédica, por exemplo, em geral os artigos vão muito direto ao ponto em poucas páginas.

2- conheça as regras da revista : https://youtu.be/UC5YDMZIT54

3- no resumo deve constar o objetivo do artigo, seu método, principais resultados, em que estes achados contribuem para a ciência e suas considerações finais. Só. Não precisa referenciar, não precisa explicar demais, não precisa contextualizar demais. Resumo é resumo.

4- as palavras – chave devem ser pensadas pois elas definem se o seu artigo ficará no limbo ou se será fácilmente encontrado – e citado – por outros pesquisadores. Na área da saúde temos o DECs, uma listinha de descritores. Não sei como é nas outras áreas, mas uma dica é : dê uma olhada nos artigos que são referência na sua área e suas palavras chave também.

5- a introdução deve apresentar o problema de pesquisa que o artigo responde, bem como trazer seu contexto e os objetivos. Afinal, por que o texto merece ser lido? tem que estar logo na introdução senão o leitor nem vira a página. Pode ter um tópico de referencial teórico ou ele vir no meio da Introducão mesmo, depende da revista. Bibliografias dos últimos cinco anos são bem vindas.

6- A metodologia deve ser breve, porém que explique todos os passos dados pelo pesquisador. Vai que alguém quer replicar seu estudo? Precisa estar tudo ali, bem como as justificativas sobre cada escolha metodológica na amostra, na técnica de coleta, na técnica de análise.

7- Resultados e discussão podem vir juntos ou separados, também depende da revista. É importante que você dialogue os seus achados com a literatura existente na área e que você escolheu trabalhar. E, mais importante, que os resultados respondam aos objetivos do artigo. PORTANTO , preste atenção na hora de escrever para não fazer do artigo uma colcha de retalhos de corte cole da dissertação ou tese ou monografia. O artigo é um produto que tem as mesmas partes mas muito mais enxuto, e que precisa estar mais explicativo. nos gráficos e tabelas, verifique a resolução para não dar vexame, bem como todos os títulos e fontes destes elementos. se foi você quem criou, então a fonte é autoria própria.

8 – Nas considerações finais, não repita os resultados. avance, problematize seus achados, apresente as limitações do estudo e também descreva se a partir deste estudo, outros podem ser feitos. isso agrega valor ao seu camarote.

9- É importante que você escreva seu texto de maneira concisa e clara, sem ficar enrolando, muito menos utilizando vocabulário evasivo: sempre, nunca, nenhum, todos, muito menos verbos prepotentes tipo: descobrir – nem pedro álvares cabral descobriu o brasil, vc vai descobrir o que? Nas pesquisas, as pessoas observam, descrevem compreendem , analisam… cobrir e descobrir a gente deixa para o cobertor! Aprendi isso com meu falecido orientador de mestrado, dr. Aarão, na Unicamp.

10 – as referências precisam estar conforme manda a revista científica para a qual você enviará. Não adianta mandar em formato Abnt se é Vancouver. Está com preguiça de revisar as normas? Contrate um bibliotecário

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s